Grandes Diretores: Quentin Tarantino

Quentin Tarantino é um diretor, roteirista, produtor, enfim um cineasta completo. Em minha opinião um dos melhores de todos os tempos e o melhor da geração dos anos 90. Seus filmes não criam universos complicados, ao contrário se alimentam do cotidiano. Inspirado em vários nomes do cinema anterior a ele, se apropria de um modo de criação particular. Seus filmes estão sempre nos surpreendendo com seus diálogos fantásticos. Sua direção cria grandes histórias com poucos recursos financeiros, como é o caso de seu filme de estreia, "Cães de Alúguel" (1992), onde nos prendemos a história pelo roteiro e direção, mesmo em nossa geração dominada pelos efeitos especiais e explosões (vide Michael Bay). 

Entre os filmes de Tarantino é indispensável assistir "Pulp Fiction" (1994), uma obra que tem uma cronologia totalmente assimétrica, gravada a partir de episódios como em uma revista pulp. O filme coleciona referências a cultura pop da época e de períodos anteriores, como é o caso do restaurante onde Vicent leva Mia, ligado aos 50 e ao rock daquela geração. A trilha sonora é também uma marca importante, suas colagens musicais torna as cenas mais representativas, mais vivas.

Em Bastardos Inglórios de 2009, Tarantino cria um dos melhores vilões de todos tempos, todos nós amamos odiar Hans Landa, personagem construído para nos causar repugnância. Outra ideia é a reconstrução da história levando a vingança dos judeus sobre os nazistas. 

Entre outros filmes que precisamos ver do Tarantino, está "Jackie Brown" de 1997, "Django Livre de 2012 e "Os Oitos Odiados" de 2015. Esse ultimo foi filmado em 70 mm, modelo antigo de filmagem dando uma qualidade primordial a fotografia. 

Em seus 23 anos de produção, Tarantino criou um estilo de filmes com violência gráfica, com diálogos fantásticos, trilha sonora muito boa e referencias a cultura pop. Com referencias também a clássicos do cinema americano e japonês, criando assim uma colagem de um verdadeiro cinema de arte. 


Cezar Silva
Professor de História, Pseudo Cinéfilo e admirador de Quentin Tarantino


Comentários

Mais Vistos

A Palestina na Época de Cristo: Aspecto Político

Os sumérios: Os inventores da Escrita

Mitologia grega: Os olimpianos